Tutorial rolinho porta lápis

Como o prometido é devido, vou então mostrar-vos como fiz o rolinho do post anterior. :)

Cá está ele!



Cortei o tecido de fora (21,5 cm x 26 cm) e afixei na guata, com alfinetes.


Chuleei a toda a volta, na máquina.


Cortei os excessos de guata, para deixar o retângulo perfeito.


Desenhei linhas paralelas cruzadas, na guata, com espaço de 4 cm (podia ser 5 cm, também fica bem).


E passei costuras retas por cima dessas linhas, para quiltar a peça. Começa-se sempre pela costura do meio, os pontinhos devem ser mais largos do que o normal, para que o tecido não fique repuxado.
Atenção: Há um calcador específico para quiltar, que puxa os dois (ou mais) tecidos ao mesmo tempo e pode-se quiltar pelo lado de fora, no próprio tecido. Como não tenho esse calcador, faço o quilt na guata, evito, assim, que sobre o tecido de fora.


E ficou assim... perfeito! :) Temos a parte de fora terminada!


Cortei mais dois retângulos, um para o forro (cinza - 21,5 cm x 26 cm) e outro para os bolsinhos (rosa - 22 cm x 26 cm).  Não, não é engano, são mesmo 22 cm, porque depois de dobrado vai passar uns milímetros do meio, fazendo com que a costura do botão, fique escondida por baixo dos bolsinhos, como posteriormente verão... ;)


Dobrei ao meio o tecido rosa e coloquei por cima do tecido cinza. Estamos a tratar da parte de dentro do rolinho, certo?


Alfinetei e levei à máquina para chulear na parte inferior (na junção dos dois tecidos).


Risquei linhas paralelas, para fazer os bolsinhos, deixando 2 cm entre cada uma, excetuando as das bordas, em que deixei 3 cm, por causa das costuras. 
Nota: A tinta desta caneta, apaga-se sozinha, ao fim de umas horas... maravilha! ;)


E passei uma costura reta por cima de cada linha. Mais uma vez, alarguei um pouco o ponto e no fim, andei 7 pontinhos para trás, para a costura ficar bem firme. ;)


Arrematei todas as linhas pelo lado de trás (com 3 nozinhos) e alinhavei um elástico branco de 10 cm, dobrado ao meio. Reparem no lado direito (no meio).


Juntei direito com direito (o tecido de dentro com o tecido de fora) e alfinetei para coser... já falta pouco! 
Atenção: Deixei uma parte por coser, para virar o trabalho para o lado direito, no fim. Foi no canto superior esquerdo, oposto ao do elástico, onde está a fita métrica.


E cosi a toda a volta, desta vez com os pontos um pouco mais apertados, para ficar uma costura forte e segura. Vejam que na zona do elástico, andei uns pontinhos para trás e para a frente, para ficar bem firme! 


Pronto: reparem na tal abertura, que vai servir para virar o trabalho para o lado direito.
Cortei os cantinhos, perto da costura, com muito cuidado, para não cortar os pontos!


E chuleei esses cortes, nos cantinhos, sinto que fica mesmo seguro!


Antes de virar o trabalho, alinhavei a abertura, porque me fica mais fácil, depois, coser à mão. ;)


E chegou a hora de virar... parte boooaaa! :)


Com a ajuda de uma agulha de tricô, empurrei delicadamente, mas com firmeza, os cantinhos...


Está quase! :)


Passei bem a ferro...


E cosi a abertura, à mão, com pontinhos invisíveis.


Coloquei uma dúzia de lápis nos bolsinhos (fiz para 12, mas podemos fazer para o número que quisermos), para marcar o sítio onde vou coser o botão.


Enrolei e com a ponta de um lápis marquei, assim:


Para coser o botão, coloquei um palito entre o tecido e o mesmo. No fim, dou umas voltinhas com a linha por baixo do botão. Assim, ganha um pouco de altura (quase como se o botão tivesse pé) e quando o rolinho está  fechado, o tecido não fica demasiado repuxado... será que deu para perceber?


Lembram-se dos 22 cm do tecido rosa? Agora vejam que a agulha fica um pouco dentro do bolsinho, ou seja a costura do botão fica escondida, para ficar lindo! Reparem na agulha...


Já está! Temos o nosso rolinho pronto, fofo e único, que vai de certeza agradar, não só a quem o faz, mas também a quem o vai receber. Fiz para os lápis, mas pode ser usado para outros fins: agulhas de croché, agulhas de tricô (basta aumentar a altura),  pincéis da maquilhagem, enfim...  para o que for preciso! :)

Espero que não tenha sido maçadora e qualquer dúvida, já sabem! 
Mais umas fotos... vaidooosa! :)


15 comentários:

  1. Também era giro fazer para colocar talheres, mas plastificado. Ja que hoje em dia toda a gente leva marmita para o trabalho.
    beijinhos :))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Maria! Outra boa ideia! Obrigada! :)

      Eliminar
  2. Lindo ♥♥também pôde ser útil para levar alguns cosméticos, arrumadinhos na mala! ! Beijokitas minha amiga :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais, Cristininha! Basta adaptarmos a largura dos bolsinhos e já está! Obrigada, querida! :)

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Obrigada, Nina, ainda bem que gostou! :)

      Eliminar
  4. Ótimo pap Carlinha, parabens!! E com mil utilidades para usarmos este rolinho!! :)
    Obrigada querida
    bjs
    Helô

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Helô, que bom ver-te por aqui! :)
      Volta sempre! Bjinhos!

      Eliminar
  5. Perfeito! :)
    É curioso como todas as coisas bonitas são simples que fazer, não achas Lete?!
    Não sei bem para quê, mas acho que vou fazer um para mim ;)))
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana, para as agulhas de croché! :)
      Normalmente o simples, é bonito, mas às vezes não é muito fácil de fazer... quer dizer, depende muito da nossa paciência e da nossa persistência. Neste caso, o rolinho é fácil e fica sempre bem e fofo... fiz um com bordado para mim, para os meus lápis, tenho de vos mostrar, vais gostar! :)
      Beijinhos, querida e obrigada pelo teu carinho!

      Eliminar
  6. Deu para perceber tudinho.... e deu vontade de ir a correr para a máquina fazer um igual!

    Bjks
    CarlaSB

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Carla, a mim também me acontece o mesmo! lol
      Obrigada, beijinhos e volta sempre!

      Eliminar
  7. Maçadora? Nada disso, uma grande ajuda :)
    Isto são aulas de costura que nos dá muito jeito :)
    Obrigado Lete ;)

    ResponderEliminar